Sabará: 311 anos de Villa Real e 347 de fundação

Sabará: 311 anos de Villa Real e 347 de fundação
Foto: Divulgação

 

Alunos sabarenses trabalham em projeto de homenagem à cidade pelo seu aniversário

 

Hoje, domingo, dia 17 de julho de 2022, a cidade de Sabará celebra 311 anos de elevação à Villa Real de Nossa Senhora da Conceição do Sabará e 347 de fundação.

Para esta data especial, a Escola Estadual Carvalho de Brito, localizada no bairro Bom Retiro, desenvolveu o Projeto Aniversário de Sabará, um convite do jornal feito à diretora Dilma Maria de Sena Oliveira, que foi professora de Educação Básica Anos Iniciais por 15 anos e atua na direção da escola há 19 anos, desde 2003.

A diretora sonhou, projetou e executou com os alunos e funcionários homenagens ao município demonstrando a alegria de morar em uma cidade aconchegante, de muita cultura, de um povo receptivo, trabalhador, de uma gastronomia espetacular, com um Centro Histórico imponente e a esperança de um futuro promissor, com uma cidade e ruas bem estruturada em todas as regionais.

Para trabalhar no projeto, os alunos tiveram aula resgatando a história da cidade, trabalharam com o texto: A Canção do Exílio (contextualizando Sabará). Fizeram desenhos, fotos, colagens, criaram faixa e escreveram cartas homenageando à cidade.

Confira trechos das cartas escritas pelos alunos.

 

"Sabará! ... gosto de morar aqui porque essa cidade tem muita cultura, casas bonitas, escolas educativas, amigos e parentes legais, professores também. Mas a única coisa que eu não gosto muito, porque as ruas estão com muitos buracos...”, Kelvin.

 

“... Considero Sabará um lugar calmo e bom de viver! ... Sabará pode não ser tão grade, mas é grande o orgulho que carrego de morar aqui!”, Agatha.

 

“... Sabará é uma cidade espetacular, ela tem lugar encantador. ... a cidade passou por tanta coisa, essa cidade me encanta muito. Eu amo Sabará. Muito obrigada por tudo”, não assinou.

“Querida Sabará, gostaria de falar que eu amo muito você..., obrigada por existir e por nos abrigar em você e por ser essa cidade maravilhosa”, Maria Eduarda da Silva Ferreira.

 

Leia o poema: Tributo  a Sabará

“Uma cidade Acolhedora, que não esquece do passado. Em suas ruas de pedras, tradição e modernidade andam lado a lado.

Culinária incomparável. Suas montanhas tão imponentes. No meio da cidade passa um rio que deságua no coração da gente.

Sabará é sorriso no rosto, um abraço de amigo. Beleza em tudo que é posto. Síntese dessa mineiridade. Se eu não tivesse conhecido essa cidade, certamente morreria de desgosto.” vice diretor Antônio Eustáquio de Oliveira JR

 

Veja Canção do Exílio (contextualizando Sabará).

“Canção sabarense

Minha Sabará tem aconchego, onde canta em versos toda a mineiridade, as pessoas, que aqui vivem não sabem o significado da palavra saudade.

Nosso tempero tem mais sabor. Nossas ruas têm mais memórias, nossos horizontes têm mais vida, nossa vida mais histórias”, Larissa Alves ( integral).

 

                                  VEREADORES

                     

                            EMPRESAS | PREFEITURA